INICIE CLICANDO NO NOSSO MENU PRINCIPAL



__________________________________________________________________

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

CURSO DE OBREIROS - Aula 8


Aspectos Funcionais
                        Falaremos agora dos aspéctos relacionados as funções eclesiásticas, na liturgia do culto. A liturgia nem sempre é igual para todas as igrejas, mas no básico é muito parecida.

Dirigente do culto
             
                        Essa função normalmente é desempenhada pelo pastor da igreja ou por algum presbítero, mas isso não quer dizer que nenhum diácono possa receber essa incumbência, contudo aquele que estiver na responsabilidade de dirigir o culto, seja por escala prévia ou por determinação pastoral imediata, deve observar os seguintes requisitos:

a)     estar preparado para essa importante tarefa, mesmo que tenha sido pego de surpresa, não deve o obreiro estar despreparado. O obreiro ao sair de casa já deve imaginar que pode ser pego de surpresa para dirigir o culto.;

b)     observar a liturgia do culto, que normalmente segue esta seqüência simples: oração pelo início, louvor da Harpa Cristã ou outro hinário, palavra devocional ou introdutória, apresentação dos visitantes, distribuição de oportunidades, recolhimento dos dízimos e ofertas, mensagem da Palavra de Deus, anúncios e benção apostólica. Com certeza esta seqüência litúrgica, não será a mesma em todas as denominações, damos aqui somente uma base para a compreensão;

Obs: O nervosismo é algo normal nas primeiras vezes em que o obreiro for dirigir o culto, o obreiro não deve se desanimar nem se entristecer quando algo não sair de acordo com o pranejado, saiba que é aí que o Senhor vai fazer você crescer espiritualmente. 

c)      para a Palavra devocional, que é a palavra introdutória, o dirigente deve pedir que um irmão ou irmã ore por aquele que irá ler a Palavra e passar a oportunidade para este. É interessante, que o irmão ou irmão que fizer menção da Palavra introdutória seja o de maior ascendência funcional, um pastor, missionário(a), evangelista ou presbítero e não deve ser o mesmo que ministrará a Palavra na hora da pregação. O obreiro deve evitar passar a opurtunidade de trazer a Palavra devocional para algum visitante.   

Na próxima aula, continuaremos a falar do assunto, até lá!

Marcos Andre - Professor 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.