INICIE CLICANDO NO NOSSO MENU PRINCIPAL



__________________________________________________________________

quinta-feira, 25 de julho de 2013

ARTIGO - JMJ e a visita do papa Francisco

  A Jornada Mundial da Juventude que ocorre no Rio de Janeiro nesses dias frios de julho tem atraído milhares de fiéis católicos e impressionado as autoridades pela mobilização da juventude católica. 
Com a visita do papa Francisco, apontado como um dos mais humildes e carismáticos que a igreja Católica já teve, multidões se aglomeraram nas ruas do centro e nos locais onde o papa passou.
    A presença do papa Francisco nesse evento, fez com que observássemos fenômenos sociais importantes acontecerem e mostrassem coisas que não viríamos :
    a) fez com que a onda de protestos que tomaram o país nos últimos meses quase desaparecesse, como se os governos já tivessem dado as mostras de estarem empenhados na resolução dos problemas com educação e saúde, reivindicados pelas massas populares;

     b) fez os brasileiros "deixarem pra lá" os 120 milhões gastos com a visita do sumo-pontífice católico, como se achássemos que o preço pago valeu a pena, pois afinal de contas é o papa; 

    c) mostrou a disposição dos grupos ativistas gays em desrespeitar tudo e todos com a realização de "beijaço gay" em porta de igreja e locais públicos. Todos tem o direito de protestarem, mas assim como os vândalos destroem o patrimônio público com o quebra-quebra, também os gays buscam destruir a moral e os símbolos religiosos no nosso país, por mais que existam diferenças de conceitos e práticas entre as religiões, todas devem ser respeitas;

    d) mostrou o admirável empenho católico em conter o avanço evangélico e o recuo católico apontado pelos sensos do IBGE, com o auxílio da mídia que cobriu amplamente os eventos; e

    e) principalmente mostrou como a idolatria está presente na cultura do nosso país, o papa Francisco é uma figura carismática e muito respeitado dentro e fora da igreja católica, mas infelizmente ele tem sido idolatrado nas ruas da cidade do Rio de Janeiro, por pessoas que acreditam serem abençoadas se simplesmente tocar ou estiver próximo ao local onde o papa passar. Na verdade o papa é apenas um homem com suas limitações e aspirações e logo ele vai embora e nossa cidade voltará a sua realidade com sua violência, engarrafamentos e seus viciados.
   Por mais que o papa Francisco seja bem quisto pela igreja católica e seus fiéis, o caminho para se chegar a Deus é Jesus João 14.6 e para se ter Jesus em nosso coração e se manter em sua presença temos o Espírito Santo dado por Deus. Espero que os amigos católicos possam entender esse inevitável verdade. 

Marcos André - Professor

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.