terça-feira, 13 de dezembro de 2016

ESCOLA DOMINICAL CPAD ESBOÇO - Subsídio da Lição 12


AULA EM 18 DE DEZEMBRO DE 2016 – LIÇÃO 12
(Revista: CPAD)

Tema: Sabedoria Divina para a Tomada de Decisões

Texto Áureo: Pv 2.6
  
INTRODUÇÃO
- Professor(a), nesta lição aproveite para aplicar o conhecimento a nossa realidade atual, veja como eu coloquei no esboço alguns casos.
- “a escolha de seu sucessor”, que foi feita por ele mesmo com a orientação de Deus, era um privilégio para um rei nomear o seu sucessor estando ainda vivo.
- “embora houvesse uma crise familiar e política”, a crise familiar era a de que Adonias, filho mais velho de Davi intencionava o trono e a crise política era a de que as tribos naquela época já não compartilhavam das mesmas ideias.
- “para reinar com justiça e equidade”, reinar com equidade é reinar com igualdade para todas as tribos. O rei teria que ter a sabedoria de unir as tribos.
_______________________________________
I - CRISE FAMILIAR NO REINO DAVÍDICO

1. A velhice do rei (1Rs 1.1-4). 
- “Davi já estava com uma idade bem avançada”, Davi tinha aproximadamente uns 70 anos quando morreu.
- “preciso saber escolher e formar sucessores”, essa verdade é real para os líderes de igrejas hoje. Se não for levado a sério pode se por a perder o legado de uma vida inteira.
- “Parece que ele não foi disciplinado”, ao que parece Davi não era muito bom na disciplina dos filhos. Adonias é mais um reflexo da sua falta como pai.  

2. Adonias e os valentes de Davi.
- “os valentes de Davi não apoiaram a atitude”, os valentes de Davi constituíam a maior força leal ao rei, eram os mais admirados e respeitados soldados do reino e tinham acesso ao palácio. Adonias era fraco politicamente, pois se não tinha apoio dos valentes de Davi então jamais deveria ter se declarado rei.
- “Natã, como profeta, não poderia se calar diante de tal situação”, no tempo de Davi os profetas de Deus tinham acesso direto ao rei e falavam face a face com o ele sempre que havia necessidade.
- “já teria mencionado aos seus valentes que Salomão seria o seu sucessor”, com certeza Davi já estava imaginando o problema que daria ao nomear Salomão rei. Salomão era o filho de um casamento que se deu após o pecado de adultério e morte de Urias.

3. A atitude de uma mãe em meio à crise.
- “Davi ordenou que Salomão fosse ungido rei”, todos imaginavam que Adonias seria o rei, por ser o filho mais velho, por isso respeitaram quando ele se proclamou rei, mas quando viram o sacerdote, o profeta e a poderosa escolta dos valentes de Davi ungindo a Salomão, então abandonaram Adonias.
- “as pontas do altar simbolizavam a misericórdia, o perdão e a proteção de Deus”, uma outra explicação seria esta: no tempo da Lei tudo que tocava o que era santo se tornava santo também, e como os judeus eram supersticiosos poderia Salomão temer a mandar tirar a vida de Adonias. Talvez Adonias com medo de se agarrar ao altar, por causa da punição do Senhor teria tocado somente nas pontas.
- “não queria que este cometesse os mesmos erros que ele”, é importante deixarmos para aqueles que nos sucedem as experiências de vida, para preveni-los acerca das consequências dos erros.
_________________________________
II - SALOMÃO BUSCA SABEDORIA PARA REINAR

1. O novo rei.
- “Salomão amava ao Senhor”, está aí o motivo pelo qual ele foi escolhido para o trono, pois Adonias amava o trono, por isso foi rejeitado.
- “e ali ofereceu a Deus o seu sacrifício”, diferente de Adonias que ofereceu um banquete a seus cúmplices na tentativa de usurpação do trono.
- “demonstrou não estar preocupado em obter poder”, ele estava preocupado em como ia conseguir doze tribos com seus muitos problemas internos e com as muitas nações inimigas ao redor.
- “Procurou também adquirir sabedoria para governar”, não é fácil assumir a cadeira de um grande homem de Deus, o sucessor se sente na obrigação de fazer igual ao que fez o anterior, foi difícil para Josué assumir no lugar de Moisés, agora seria difícil para Salomão assumir no lugar de Davi.

2. Salomão pede sabedoria a Deus.
- “Em tempos de crise econômica o que você teria pedido?” , pergunte aos alunos o eles teriam pedido ao Senhor. Talvez a maioria peça dinheiro.
- “peso da responsabilidade de governar um povo”, Salomão pegou a nação no auge da supremacia bélica, por isso era grande a responsabilidade de manter essa força militar.
- “pediu sabedoria para governar com justiça”, a sabedoria pode gerar riquezas, mas a riqueza não pode gerar sabedoria.
- “De que adianta ter bens materiais e ser um tolo?”, colocaria tudo a perder, por isso algumas vezes não recebemos a benção material que pedimos, pois não estamos prontos para administrar.

3. O desejo de construir um Templo para Deus.
- “reunir o povo de Israel em um só lugar para adorar a Deus”, seguindo o modelo que era o tabernáculo, porém esse templo não seria móvel. A ideia principal de igreja é essa, reunir o povo em um só lugar.
- “pois ele havia empreendido muitas batalhas”, o novo templo deveria ser um local santificado. Se Davi construísse o templo ele poderia começar não sendo reconhecido como terra santa.
- “providenciados por Davi e entregues a Salomão”, notamos aqui um exemplo de Reino de Deus, onde um prepara e o outro constrói, sem politicagem e sem interesses.
- “união das famílias e o fortalecimento do reino de Israel”, e consolidar entre eles o conhecimento do nome do Senhor e dessa forma aumentar a fé do povo.
___________________________________________
III - SABEDORIA PARA EDIFICAR O TEMPLO

1. Salomão faz aliança com Hirão (1Rs 5.1-6).
- “Salomão usou de sabedoria para com Hirão”, em vez de guerras ele fez acordos, naquele momento o acordo era necessário.
- “fornecendo o que era necessário para o Templo”, foi a benção em que o Senhor usou um ímpio para prover o necessário na construção do templo.
- “quer dar a você sabedoria para administrar”, cada cristão é um administrador por natureza, ou administra sua casa, ou igreja, ou negócio comercial, etc.

2. A construção do Templo.
- “Davi também entregou-lhe toda essa riqueza.”, Davi tinha plena confiança de que Salomão daria continuação a sua obra, diferente de alguns pastores que assumem o legado de outros e no dia seguinte mudam tudo.
- “contou com a contribuição voluntária dos príncipes”, a chamada oferta alçada, onde cada príncipe traria uma contribuição significativa de livre e espontânea vontade.
- “se dispuseram a fazer o melhor”, queriam fazer algo à altura do poder de Deus, por isso o empenho. Devemos sempre levar em conta a grandeza de nosso Senhor e fazer sempre o melhor pra Ele.
- “porque estavam felizes com o reino de Salomão.”, isso é animação nas coisas de Deus e nada supera um coração animado, devemos animar uns aos outros.

3. A Arca da Aliança.
- “que estava no Tabernáculo antigo”, a Arca estava numa tenda que Davi havia preparado para ela, pois o tabernáculo que foi construído no deserto desapareceu.
- “representava a presença de Deus entre o seu povo”, hoje temos o Espírito Santo que não representa a presença de Deus, mas é de fato, a presença do Senhor no interior do cristão.
- “tamanha era a glória de Deus naquele lugar”, pelo que se pode perceber no relato bíblico, já fazia muito tempo que os judeus não viam um mover tão grande. Quando reservamos um lugar para Deus em nossa vida, Ele se alegra e manifesta a sua glória em nós.
____________________________________
CONCLUSÃO
- “Deus abençoou e prosperou Davi e o seu reino”, porque Davi não se apartou dos caminhos do Senhor, embora tenha errado algumas vezes.
- “e o seu reino foi ainda maior e mais próspero.”, um reino onde se edifica o local para se buscar a Deus, não poderia ser outro o resultado.
- “contribuiu também para fortalecer a unidade nacional”, todas as doze tribos buscavam a Deus num mesmo lugar, fortalecendo o engrandecimento do nome do altíssimo na terra.
- Faça uma revisão da aula com os alunos.
- Não deixe de corrigir o questionário.

Respostas:
   
O que Adonias fez diante da fragilidade do rei?
Diante da fragilidade de Davi, Adonias intitulou-se rei.

Quais as autoridades no reino que não apoiaram Adonias?
O sacerdote Zadoque, o profeta Natã e os valentes de Davi não apoiaram a atitude de Adonias, pois ele estava desrespeitando, publicamente, o rei e usurpando o trono.

O que Bate-Seba fez depois de ouvir o profeta Natã?
Ela toma a atitude certa na hora certa. A mãe de Salomão vai até Davi e relata-lhe tudo o que estava acontecendo.

Por que Deus não permitiu que Davi construísse o Templo?
O Senhor não permitiu que Davi construísse o Templo, pois ele havia empreendido muitas batalhas.

O que Salomão pediu a Deus em Gibeão?
Ele pediu a Deus sabedoria para reinar com justiça e equidade.

Pr Marcos André – professor
Boa Aula!


SE VOCÊ QUER AJUDAR ESSA OBRA, ENTÃO CLIQUE NO ANÚNCIO ABAIXO!  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.