INICIE CLICANDO NO NOSSO MENU PRINCIPAL



__________________________________________________________________

quarta-feira, 29 de março de 2017

ESCOLA DOMINICAL CPAD ESBOÇO - Subsídio da Lição 1

Resultado de imagem para revista CPAD 2º trimestre de 2017

AULA EM 2 DE ABRIL DE 2017 – LIÇÃO 1
(Revista: CPAD)

Tema: A Formação do Caráter Cristão

Texto Áureo: Gl 5.20
  
INTRODUÇÃO
- Professor(a), nesta lição você pode iniciar comentando que o caráter Cristão é moldado pelo caráter de Cristo, diferente dos ímpios onde o caráter é moldado por circunstâncias diversas.
- “Todo ser humano tem caráter”, é comum considerarmos somente o bom caráter para fins de classificação e descartarmos o mau caráter. Por isso é comum dizermos à cerca de alguém que tem bom caráter: “Fulano é homem de caráter”, ou então: “Ciclano não tem caráter!”.
- “o pecado maculou o seu caráter”, na Queda do homem todos os sentimentos dele foram alterados e passaram a ficar descontrolados, agora o ser humano precisaria se esforçar ao máximo para se equilibrar, o mesmo ocorre com o seu caráter. Para os servos de Deus isso é possível pela ação do Espírito Santo.
- “pode transformar o caráter”, isso mostrar que o caráter de uma pessoa pode ser mudado, por várias causas, mas a melhor de todas é a ação direta do Espírito Santo de Deus.
_______________________________________
I - O CARÁTER NA REALIDADE DO HOMEM

1. O que é caráter? 
- “o conjunto das qualidades (boas ou más)”, essas qualidades podem ser aprimoradas ou eliminadas no decorrer da vida, conforma vai ocorrendo mudanças nas situações do indivíduo.
- “característica responsável pela ação, reação”, é de acordo com o caráter que o indivíduo vai responder, vai agir ou reagir à determinadas ocorrências. Por exemplo, se um indivíduo tem a oportunidade de prejudicar uma pessoa que é seu desafeto, o mau caráter não pensaria duas vezes, mas o de bom caráter pesaria se seria ético fazê-lo, se não seria imoral ou desonroso.

2. Personalidade e caráter.
- “definida como sendo a qualidade do que é pessoal”, a personalidade define a pessoa, seria a junção do caráter e o temperamento.
- “O caráter não é herdado”, não passa de pai pra filho, não é porque alguém foi uma boa pessoa que seu filho será também.
- “mediante a formação que recebemos”, alguns elementos colaboram na construção do caráter, o meio onde vivemos, convicções que adquirimos ou conhecimento que passamos a ter.
- “até quando envelhecer, não se esquecerá dele”, o formação que recebemos na nossa infância é a mais difícil de ser deixada ou substituída.
_________________________________
II - A DEFORMAÇÃO DO CARÁTER HUMANO

1. A Queda e o caráter humano. 
- “criados à "imagem" e "semelhança" do Criador”, significa que fomos feito com o mesmo caráter de Deus e possuidores dos mesmos sentimentos.
- “refletimos a glória divina.”, ou seja, ainda que essa natureza tenha sofrido com a Queda, ela ainda é a expressão da glória do Senhor.
- “Deus será louvado por intermédio de nossas ações”, essa foi a ordem de Jesus no sermão da montanha, veja:
“Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus.” Mt 5.16

2. Imagem e semelhança de Deus.
- “uma imagem, ou representação perfeita”, não se refere à forma física e sim aos atributos morais e o seu caráter.
- “possuíam atributos morais”, dos seres criados, apenas o ser humano possui esses atributos, nem os anjos os possui todos. Por isso o homem é a cora da criação.
- “Deus imprimiu nele as marcas de sua personalidade”, ou seja, o Seu caráter divino. Quando aceitamos a Jesus o Espírito Santo vai moldando nossa caráter ao do Senhor.

3. A deformação do caráter humano.
- “sua constituição: espírito, alma e corpo”, no corpo, o ser humano deveria ser imortal, pois a morte só entrou devido ao pecado.
- “levou-nos a perder a semelhança moral com o Criador”, passamos a condição de pecadores, coisa que o Senhor não é.
- “O pecado passou a todos os homens”, todos os homens receberam como herança essa deformidade do pecado, pois o pecado desequilibrou os sentimentos humanos.
- “o levou a criar seus próprios deuses”, os deuses que os homens inventaram atendem aos desejos carnais deles, porém o nosso Senhor exige santidade e castiga a todos os seus filhos para que não se percam.
- “procurou justificar seu erro, acusando a esposa”, e ainda quis direcionar uma parte da culpa para o Senhor, veja o que ele disse:
“Então disse Adão: A mulher que me deste por companheira, ela me deu da árvore, e comi.”, Gn 3.12
- “Caim matou seu irmão, Abel”, esse fato foi só uma amostra do aconteceria sempre na história da humanidade, os justos morrendo na mão dos ímpios, covardes e traidores.
___________________________________________
III - A REDENÇÃO DO CARÁTER HUMANO

1. Novo nascimento, transformação do caráter.
- “e aproximá-lo novamente de Deus”, a essa obra chamamos de “reconciliação” a qual Jesus consumou na cruz.
- “Pela fé em Jesus o homem recebe a salvação”, a salvação é pela graça, mediante a fé, não provém de obras. As boas obras que os servos de Deus fazem é consequência da salvação que já receberam.  
- “é poderosamente transformado pelo poder do Espírito Santo”, somente com a transformação do caráter é que podemos ter ex-presidiários que são excelentes ministros e obreiros hoje.

2. A Palavra de Deus muda o caráter.
- “mas envolve regeneração”, é o processo onde a pessoa vai tendo a sua natureza transformada para se tornar semelhante à natureza de Cristo, semelhante ao que era no jardim do Éden, ainda que nunca alcance a estatura de varão perfeito enquanto estiver nessa terra.
- “As Escrituras têm o poder de transformar o homem”, veja com os alunos o que Jesus falou acerca desse poder da Palavra de Deus:
“Vós já estais limpos, pela palavra que vos tenho falado.” Jo 15.3
- “é apta para discernir os pensamentos e intenções”, discernir os pensamentos e intenções significa entender o real propósito de suas intenções, os que conhecem a Palavra de Deus conseguem julgar a si mesmo e pesar suas verdadeiras intenções.

3. O caráter amoroso e santo do crente.
- “uma de suas características principais o amor a Deus e ao próximo”, é como uma marca na vida do crente, até o ímpio sabe que o cristão deve prezar pelo amor em sua vida.
- “Quem não ama não conhece a Deus”, alguns pensam que porque conhecem a teologia também conhecem a Deus, mas sabemos que para conhecer ao Senhor requer uma vida de prática das Escrituras.
- “devem viver de modo irrepreensível”, viver de modo que não possa ser repreendido por não estar em falha.
____________________________________
CONCLUSÃO
- “Nosso caráter reflete nossos princípios”, se aprendermos princípios cristãos então esses princípios irão trabalhar em nosso caráter. Esses princípios são: a adoração, a santificação, a pureza no casamento, a busca pelo Espírito Santo, etc.
- “precisamos evidenciar os valores do Reino”, evidenciar é tornar evidente, as pessoas precisam ver esses valores em nós, nas nossas atitudes e no nosso falar.
- Faça uma revisão da aula com os alunos.
- Não deixe de corrigir o questionário.

Respostas:
   
Defina caráter.
Segundo o Dicionário Aurélio, caráter é “o conjunto das qualidades (boas ou más) de um indivíduo, e que lhe determinam a conduta e a concepção moral”.

Em termos espirituais e morais, como o homem e a mulher foram criados?
À “imagem” e “semelhança” do Criador.

O que o homem perdeu ao pecar?
Perdeu a semelhança moral com o Criador.

A salvação é por mérito humano ou é um dom de Deus?
A salvação é um dom de Deus.

O que acontece com nosso caráter quando aceitamos, pela fé, a Jesus como nosso Salvador?
É transformado e convertido pelo poder do Espírito Santo.

Pr Marcos André – professor
Contatos palestras, aulas e pregações: 21 969786830 (Tim e zap) 21 992791366 (Claro)

Boa Aula!


SE VOCÊ QUER AJUDAR ESSA OBRA, ENTÃO CLIQUE NO ANÚNCIO ABAIXO! 

2 comentários:

  1. MARAVILHA DE ESBOÇO PASTOR MARCOS, DEUS CONTINUA ABENÇOANDO SUA VIDA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado meu querido irmão, paz de Cristo, recebo!

      Abraços

      Excluir

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.