sexta-feira, 7 de abril de 2017

ESCOLA DOMINICAL BETEL ESBOÇO - Subsídio da Lição 2


AULA EM 9 DE ABRIL DE 2017 – LIÇÃO 2
(Revista: Editora Betel)

Tema: A intensidade das profecias de Jeremias

Texto Áureo: Jr 2.5
  
INTRODUÇÃO
- Querido(a) professor(a), nesta lição fala das profecias de juízo que o povo rejeitou por estarem confiantes na sua religiosidade, para não caiamos nos mesmos erros daquele povo.
- “a atuação e a intensidade do profeta Jeremias”, ou seja, o quanto ele atuou, sua área de abrangência e a profundidade de suas profecias.
- “que não devemos nos calar diante do pecado”, havia muitos profetas na época de Jeremias, mas apenas ele vaticinava contra o pecado, ainda que isso lhe causasse perseguições e muita dor, os outros falavam o que o rei gostava de ouvir.
__________________________________________
1. Um profeta para pregar contra o pecado
- “para desafiar o povo a ser fiel à aliança do Senhor”, ele não foi usado somente para os governante, mas para todo o povo.

1.1. Israel no altar da idolatria.
- “resultados das loucuras políticas dos líderes”, é um erro achar que apenas os líderes estão com a responsabilidade e que apenas os erros da liderança é a causa do problema, na verdade Deus está sondando as ações de todo o povo.
- “pecados de idolatria”, a idolatria é um pecado que causa o ciúme de Deus, pois o nosso Deus é ciumento, veja:
“Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam.” Êx 20.5 Este zelo que aparece aqui é o ciúme, tanto que em algumas versões essa passagem é traduzida assim: “o Senhor teu Deus, sou Deus ciumento,”
- “adorada na Mesopotâmia”, região onde surgiu os primeiros povos, era lá que ficava o Jardim do ´do Éden e atualmente fica o Iraque.

1.2. As advertências do profeta.
- “comoção”, é a extrema emoção, seja por um sentimento de perda ou de pesar diante de algo trágico.
- “remorso e voltar-se para Deus”, remorso é lamento pesaroso e o “voltar-se para Deus” é o arrependimento, se alguém se lamenta pelo erro, mas não toma nenhuma atitude então não é arrependimento é somente remorso.
- “Suas palavras, profetizadas séculos atrás”, se refere ao texto de 1 Sm 15.23, veja:
“Porque a rebelião é como o pecado de feitiçaria, e o porfiar é como iniquidade e idolatria. Porquanto tu rejeitaste a palavra do Senhor, ele também te rejeitou a ti, para que não sejas rei” 1 Sm 15.23
- “exemplo pela coragem no enfrentamento”, Deus precisa de obreiros que não se intimidam com a luta, com as afrontas ou com as perseguições. Se todos que sofressem tivessem parado e abandonado a obra de Deus, não teríamos mais crentes na Terra.
- “rompeu com as principais instituições judaicas ao denunciar”, ele não fazia política, não aceitava suborno e por isso era odiado por autoridades de seus compatriotas. Alguns pregadores para não ficarem mal com aqueles que lhes convidam pregam o que eles querem ouvir.

1.3. Obediência: valor para a vida
- “mais preocupados com seus negócios pessoais”, hoje há muitos irmãos agindo dessa forma, vão à igreja esperando receber algo de Deus, mas não se comprometem com nada na obra de Deus.
- “rejeitadas por um povo amotinado”, motim é a rebelião que um grupo de pessoas fazem contra seu líder ou chefe, assim aquele povo estava em relação a Deus e muitos hoje estão desse mesmo jeito.
- “Coisa espantosa e horrenda se anda fazendo na terra.”, pergunte para os alunos se essas palavras podem ainda serem ditas hoje?  
_____________________________________________
2. Um homem à frente das profecias
- “pensava que sua segurança estava na religiosidade”, o ser humano tem a tendência natural de acharem que cumprindo ritos religiosos alcançam as misericórdias do Senhor, mas o coração verdadeiramente voltado à Deus é o que alcança seu perdão e suas bênçãos.

2.1. Maldita entre as nações.
- “chamando ao arrependimento, mas não foi atendido”, ainda hoje estamos chamado o povo ao arrependimento, mas muitos não querem e o pior é que alguns líderes e pregadores já deixaram a pregação de arrependimento de lado e passaram a anunciar bençãos de prosperidade e bonança para essa terra.
- “templo do Senhor, templo do Senhor é este”, esse era o argumento do povo para rejeitar a pregação de Jeremias, como se dissessem que Deus não destruiria seu próprio templo.
- “uma caverna de salteadores aos vossos olhos”, a maldade do povo chegou ao Templo e isso Deus não poderia mais tolerar. Assim tem sido no mundo, a corrupção da Terra tem chegada e permanecido nas igrejas, por isso o fim está próximo.

2.2. Deus cuida de nós o tempo todo.
- “pior pecado era abandonar o Senhor”, dententor de uma visão espiritual ele sabia que esse era pior do que a morte, pois se alguém morrer sem Deus está perdido pela eternidade.
- “nos sentimos leves.”, isso porque sai o peso da culpa, passamos a viver sem a carga da condenação, alguns afirmam que até passaram a dormir melhor.
- “confiar que Ele está agindo a nosso favor”, Deus está agindo até quando não ouvimos ou sentimos. Às vezes queremos ver e ouvir o seu agir, mas isso é um capricho humano e Ele trabalha do jeito Dele.

2.3. Deus se importa conosco.
- “A missão profética do Antigo Testamento”, não só Jeremias, mas muitos outros profetas foram enviados naquele período sempre com o mesmo propósito.
- “fazer com que o povo de Israel se arrependesse”, esse era o propósito da missão profética, e é semelhante ao nosso propósito para com o mundo.
- “toda a humanidade para a vinda do Salvador”, Deus já sabia que eles não se reconciliariam e que de qualquer forma o Senhor seria morto para cumprir esse grande propósito.
________________________________________
3. Deus quer restaurar o Seu povo

3.1. Deus quer restaurar o Seu povo.
- “assistimos a aliança sendo rompida”, essa aliança foi feita no Sinai onde o povo declarou seguir a Lei.
- “com Noé (Gn 9.16-17)”, essa aliança feita com Noé afeta toda a raça humana, pois o Senhor prometeu não destruir mais a Terra com dilúvio.
- “o mediador da Nova Aliança”, essa Nova Aliança foi feita no sangue do Cordeiro, mediante Seu sacrifício na cruz.

3.2. A podridão dos pecados do povo.
- “simbologia de um cinto de linho”, Deus usava essas simbologias com o profeta sendo o exemplo, pois o profeta deveria fazer algo estranho que levasse o povo a indagar o por que?
- “estado de altivez em que se encontravam as pessoas”, Deus não tolera por muito tempo o pecado de altivez, pois ele lembro a atitude do primeiro altivo que se tem notícia, o diabo.
- “enterre numa fenda do rio Eufrates”, o rio Eufrates era o limite da promessa feita por Deus a seu povo, veja:
“Todo o lugar que pisar a planta do vosso pé será vosso; desde o deserto, e desde o Líbano, desde o rio, o rio Eufrates, até ao mar ocidental, será o vosso termo.” Dt 11.24 Enterrando ali Deus lembraria o povo esse detalhe da aliança.

3.3. Deus castiga o Seu povo.
- “até mesmo a súplica de Jeremias”, o povo maltratou tanto a Jeremias que entenderíamos se ele não intercedesse por eles, porém o profeta Jeremias tinha seu coração transformado pelo Senhor. Assim é todo aquele que foi mudado por Jesus, não busca mais o mal do próximo.
- “pedir a Jeremias que não orasse pelo povo”, com certeza as orações de Jeremias chegavam até a Deus e já deviam estar incomodando o Senhor.

CONCLUSÃO
- “o amor de Deus, a misericórdia, o juízo e o chamado ao arrependimento”, é uma obra semelhante à do Espírito Santo que convence o homem dessas coisas, assim somos nós cheios do Espírito Santo.
- Faça o resumo para a revisão e corrija o questionário.

QUESTIONÁRIO
                  
1. Qual “deusa” o povo de Judá cultuava?
R: A “rainha do céu”, uma referência à deusa Ishar (Arstarte) (Jr 7.18).

2. Onde ela era adorada?
R: Na Mesopotâmia (Jr 7.18).

3. Qual era o pior pecado para Jeremias?
R: Abandonar o Senhor (J 2.13).

4. Qual foi a tônica das mensagens dos profetas?
R: A restauração do povo de Deus (Is 61.1-4).

5. Onde Jeremias enterrou o cinto de linho?
R: Na fenda do rio Eufrates (Jr 13.5).

Marcos André – professor
Contatos palestras, aulas e pregações: 21 969786830 (Tim e zap) 21 992791366 (Claro)

Boa Aula!


SE VOCÊ QUER AJUDAR ESSA OBRA, ENTÃO CLIQUE NO ANÚNCIO ABAIXO! 

Um comentário:

  1. Paz do senhor, quando vai postar o comentário da lição 3

    ResponderExcluir

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.