segunda-feira, 7 de agosto de 2017

ESCOLA DOMINICAL CPAD JOVENS - Conteúdo da Lição 7


Tempo para estar a sós com Deus
13 de Agosto de 2017



TEXTO DO DIA
“Daniel [...] entrou em sua casa (ora, havia no seu quarto janelas abertas da banda de Jerusalém), e três vezes no dia se punha de joelhos, e orava [...]” (Dn 6.10).

SÍNTESE
Para estar a sós com Deus é preciso renunciar hábitos pessoais e compromissos sociais.

TEXTO BÍBLICO

Marcos 14.32-42.
32 — E foram a um lugar chamado Getsêmani, e disse aos seus discípulos: Assentai-vos aqui, enquanto eu oro.
33 — E tomou consigo a Pedro, e a Tiago, e a João e começou a ter pavor e a angustiar-se.
34 — E disse-lhes: A minha alma está profundamente triste até a morte; ficai aqui e vigiai.
35 — E, tendo ido um pouco mais adiante, prostrou-se em terra; e orou para que, se fosse possível, passasse dele aquela hora.
36 — E disse: Aba, Pai, todas as coisas te são possíveis; afasta de mim este cálice; não seja, porém, o que eu quero, mas o que tu queres.
37 — E, chegando, achou-os dormindo e disse a Pedro: Simão, dormes? Não podes vigiar uma hora?
38 — Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca.
39 — E foi outra vez e orou, dizendo as mesmas palavras.
40 — E, voltando, achou-os outra vez dormindo, porque os seus olhos estavam carregados, e não sabiam o que responder-lhe.
41 — E voltou terceira vez e disse-lhes: Dormi agora e descansai. Basta; é chegada a hora. Eis que o Filho do Homem vai ser entregue nas mãos dos pecadores.
42 — Levantai-vos, vamos; eis que está perto o que me trai.

INTRODUÇÃO
Já chamaram o local em que o crente se encontra com o Senhor de “refúgio secreto” e “quarto de guerra”. Entretanto, o que importa não é o lugar ou o nome que recebe, mas o fato de que Deus convida a todos os seus filhos para diariamente estar a sós com Ele em adoração e oração. Na lição de hoje vamos tratar desse momento tão especial na vida do crente e que precisa fazer parte da sua vida.

I. O SEGREDO DA ESPIRITUALIDADE

1. Inaugurando um novo tempo.
Ao entregar sua vida no Calvário para a nossa salvação, Jesus ofereceu um sacrifício perfeito ao Pai. O Filho de Deus abriu um novo e vivo caminho em direção a Deus (Hb 10.20). Os homens, a partir dali, poderiam estar face a face com o Senhor, sem o receio da morte e sem intermediários. O Deus Todo-Poderoso revelou seu caráter amoroso por intermédio da pessoa bendita de seu Filho Jesus.

2. A sós com Deus na leitura da Palavra.
Desde que o livro da lei do Senhor foi escrito por Moisés, Deus conclama que o seu povo medite nas suas palavras. O Senhor determinou a Josué que meditasse no livro da Lei de dia e de noite (Js 1.8). Ler as Escrituras virou um costume para judeus, entretanto eles não praticavam o que liam. Os líderes religiosos não compreendiam a verdade divina e se tornaram condutores cegos (Mt 15.14). A Palavra de Deus é uma fonte que sacia a nossa sede e traz esperança aos nossos corações. Você tem bebido dessa fonte?

3. A sós com Deus na oração.
Embora Daniel fosse um homem com um cargo político importante, não negligenciava a sua vida de oração. A oração, sem dúvida, era o seu maior segredo, do qual não abria mão. Os momentos a sós com Deus em oração foram os responsáveis pela preservação da vida de Daniel e seus amigos na corte babilônica.
Ao escrever a história de João Hyde, homem de grande comunhão com Deus e que ganhou mais de cem mil indianos para Cristo, Francisco A. McGaw afirma que: “Coloquemo-nos, pois, ao lado do quarto de oração de João Hyde, onde nos é permitido ouvir os suspiros, sentir os gemidos e contemplar o querido rosto, banhado, repetidamente, de lágrimas!”.

Pense!
Qual a importância de passarmos um tempo a sós com o Senhor? É necessário buscar Deus em oração diariamente?

Ponto Importante
É necessário buscar a Deus incessantemente em oração todos os dias (1Ts 5.17). Desprezar a intimidade com o Criador é perder tempo.

II. O TEMPO DOS TEMPOS

1. Um convite.
O Senhor, em toda a Bíblia, convida seu povo continuamente para viver momentos de comunhão, para estar a sós com Ele. Deus diariamente se encontrava com Adão, na viração do dia, para conversar com ele. Essa comunhão foi interrompida com a Queda. Hoje, mediante o sacrifício de Jesus Cristo, temos novamente o acesso garantido ao Pai. Então, que venhamos ouvir sua voz e nos achegar a Ele em oração.

2. Uma necessidade.
O sumo sacerdote tinha a obrigação de estar a sós com Deus, em favor de si e do povo, uma vez por ano (Hb 9.7). Porém, havia uma exceção: Moisés. Ele diferentemente do sumo sacerdote, entrava no Lugar Santíssimo constantemente. Deus conversava com Moisés no lugar mais sagrado e frequentemente (Êx 25.22). Eles eram amigos íntimos. Que grande privilégio de Moisés em um tempo diferente do nosso, pois o véu ainda não havia sido rasgado. Estar a sós com Deus é mais do que uma obrigação religiosa, é uma necessidade da nossa alma.

3. Um deleite.
Aqueles que passam um tempo a sós com Deus em adoração e oração têm o privilégio de se deleitar com sua presença. Muitos só querem os presentes do Pai e não mais a sua presença. Há crianças que quando os pais chegam de viagem, correm para abrir logo as malas, pois sabem que vão encontrar presentes. Outras, embora gostem de receber presentes, se sentem felizes com a presença dos pais. Muitos crentes estão agindo como meninos que esperam somente pelas dádivas do Pai, mas não se alegram com a presença dEle. Enquanto a presença de Deus não for um deleite para nós, haverá uma grande falha no nosso relacionamento com Ele.

Pense!
Por que Deus quer um relacionamento com o homem? Ele necessita dele?

Ponto Importante
Deus não precisa do homem para ter comunhão, Ele já desfruta da comunhão da Trindade, porém sabe que precisamos dEle e, por isso, chama-nos à intimidade.

III. O VALOR DE ESTAR A SÓS COM DEUS

1. Tempo de comunhão.
Jesus tinha prazer em estar a sós com Deus. Em João 11.42, Ele declarou que o Pai o escutava sempre. Quem tem comunhão e intimidade com Deus tem suas orações ouvidas e respondidas. Como está a sua comunhão com o Pai? Muitos já não separam um tempo para meditar nas Escrituras Sagradas e para ter um período dedicado a ouvir a voz de Deus. Outros buscam o Pai apenas para pedir, como se o Senhor fosse uma espécie de “gênio da lâmpada” que atende todos os nossos caprichos. A busca pela comunhão deve ser sem interesses. Quando amamos uma pessoa queremos estar em sua companhia, assim é com o Senhor; nosso amor por Ele deve nos impulsionar a buscá-lo cada dia mais.

2. Tempo de entrega.
No Getsêmani, Jesus revelou a sua dor e agonia (Mc 14.34), mas ali Ele também entregou sua vontade e o seu coração ao Pai (Mc 14.36). Os momentos de oração, além de nos aproximar do Pai também são como uma terapia, pois, podemos, como Jesus fez no Getsêmani, falar com Deus a respeito da nossa dor, angústias e medos.

3. Tempo de consolação.
Quando esteve na “prensa de azeite” (Getsêmani), Jesus declarou sua dor, mas ali também Ele foi confortado por um anjo (Lc 22.43). O lugar em que oramos e buscamos ter intimidade com Deus é, por excelência, um lugar de consolo.

Pense!
Por que Cristo precisava orar? Ele não fazia parte da Trindade divina?

Ponto Importante
Jesus enquanto homem precisava orar, por isso, buscou o Pai diariamente em oração e também ensinou seus discípulos a orarem.

CONCLUSÃO
Estar a sós com o Pai revela nosso interesse em ter intimidade, conhecimento e amizade com Ele. Ter um tempo exclusivo para Deus é importante, pois é através dEle que “vivemos, nos movemos e existimos” (At 17.28). Cabe a nós, dia após dia, entrar em um lugar reservado e só sair de lá depois de desfrutar de momentos de comunhão, entrega e consolação com o Pai.

HORA DA REVISÃO

1. Precisamos realmente de um tempo com Deus?
Sim! Deus não necessita da nossa oração, mas o ser humano depende do contato com seu Criador.

2. Jesus orava? Ele precisava da oração?
Sim. Ele não precisava da oração, mas o fez para nos dar o exemplo.

3. Deve haver um limite de tempo para buscar Deus?
Não. A Bíblia manda que oremos sem cessar (1Ts 5.17).

4. Deus necessita das nossas orações?
Não! Ele sente prazer em ouvir e ajudar, mas quem precisa de oração somos nós.

5. Você tem gasto tempo suficiente com Deus?
Resposta pessoal.

SE VOCÊ QUER AJUDAR ESSA OBRA, ENTÃO CLIQUE NO ANÚNCIO ABAIXO! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.