sexta-feira, 3 de julho de 2015

ESCOLA DOMINICAL - Esboço e Subsídio da Lição 1 - Revista da Editora Betel

INCOMPLETO

AULA EM 05 DE JULHO DE 2015 – LIÇÃO 1
(Revista: Editora Betel)

Tema: Os milagres do Novo Testamento

Texto Áureo: 1 Coríntios 15.14
  
INTRODUÇÃO
- Querido(a) professor(a), nesta lição apresente a revista e o tema do trimestre antes de começar a aula.
- “Uma nova dispensação para a humanidade”, a dispensação é a forma dispensada ao homem para relacionar-se com Deus. No Antigo Testamento houve a dispensação da Lei onde o homem se relacionava com Deus pela aliança da Lei. Em o Novo Testamento o homem se relaciona com Deus pela aliança do sangue de Jesus derramado na cruz por nós.
- “Sua ressurreição redime o pecador”, a ressurreição de Cristo nos mostra que ele é realmente o Filho de Deus. Se Ele não tivesse ressuscitado Suas palavras hoje seriam somente sabedoria, mas tendo ele ressuscitado elas são para nós o poder de Deus.
__________________________________________
1. O significado dos milagres de Jesus.
- “são acontecimentos cotidianos”, para o crente o milagre é um fato corriqueiro, porque os crentes fieis consideram todos os milagres, desde os menores até os mais inexplicáveis, enquanto os fracos na fé só buscam pelo grande milagre. Para um crente fiel o simples fato de estar vivo já é um milagre, e por isso ele tem motivos para agradecer a Deus todos os dias.

1.1. O poder milagroso da pregação de Jesus.
- “Seu milagroso agir jamais poderá ser desvinculado de Seu ministério”, uma forma de fazer essa desvinculação seria receber os milagres sem receber a Cristo, e apesar de ser algo que não se deve fazer, existem muitos que fazem.
- “manifestação do Reino de Deus que está chegando”, o Reino de Deus existe, mas ainda não chegou na sua plenitude, isso ocorrerá no milênio, onde ele regerá as nações. Por enquanto nós estamos no Seu Reino sendo Seus embaixadores em uma terra estrangeira.
- “Se desconsiderarmos os milagres onde predominam as curas”, alguns seguimentos do cristianismo não acreditam na manifestação espiritual de Deus em forma de milagres, afirmam que essa operação era somente para o primeiro século da Igreja devido à necessidade de divulgação da obra.

1.2. Os milagres anunciam a chegada do reino de Deus.
- “realizados por Jesus trazem o Reino futuro de Deus para o presente”, na verdade os milagres confirmam, porque o que traz o Reino de Deus é a pregação.
“E, depois que João foi entregue à prisão, veio Jesus para a Galiléia, pregando o evangelho do reino de Deus,
E dizendo: O tempo está cumprido, e o reino de Deus está próximo. Arrependei-vos, e crede no evangelho” Marcos 1:14,15 Notemos que aqui está o anúncio que Cristo está fazendo.
- “manifestação do reino que veio nos anunciar”, a manifestação do Reino de Deus no mundo ocorre em forma de anúncio, curas, operação de maravilhas e libertação do domínio do pecado. Lc 4.19
- “a destruição do reino de Satanás”, o reino do inimigo está em plena operação no mundo e além da expulsão de demônios também existe a salvação de almas. Dessa forma o Reino de Deus o reino de Satanás.
- “Os evangelhos sinóticos (Mateus, Marcos, e Lucas)”, assim chamados por serem semelhantes.
- “o termo “dynamis””, termo grego que deu origem a palavra dínamo, que é um transformador de energia mecânica em elétrica.
- “não para despertar a atenção ou promover-se”, milagres não são para promover a pessoa, nem tão pouco o ministério, mas sim para apresentar o poder de Deus em salvar almas.

1.3. Os milagres de Jesus ilustram a realidade do Reino.
- “distingue um milagre divino de outros acontecimentos”, o comentarista não está deixando claro que outros acontecimentos são esses, talvez esteja se referindo a supostos milagres de Deus.
- “dos quais podemos negar a existência”, ou seja, podemos afirmar que não são milagres de Deus ou não são milagres nenhum.
- “uma vaga esperança utópica”, utopia é a ilusão de algo inalcançável, assim os críticos afirmam ser o Reino de Deus.
- “o homem é liberto dos poderes maléficos”, muitos órgãos tentam libertar pessoas da dependência química das drogas ou bebidas, mas só o Reino de Deus pode promover uma libertação completa.   
_____________________________________________
2. A multiforme sabedoria de Deus
- “Deus nunca teve a intenção de impressionar os homens”, Deus não tem necessidade de provar sua existência e nem o seu poder a ninguém.
- “possa se voltar para Ele em gratidão”, Deus não quer que o homem se volte a Ele por obrigação ou por falta de opção e sim por amor e gratidão.

2.1. Os efeitos milagrosos da graça.
- “o perdão dos pecados”, perdoar pecados é uma obra que Deus faz que se for compreendia e aceita pelo homem pode livrá-lo de muitos males e inclusive curá-lo de doenças psicossomáticas.
- “a transformação de uma vida”, só por poder miraculoso uma vida pode ser transformada.
- “das riquezas e da ansiosa solicitude pela vida”, só Jesus e a mensagem do Reino de Deus pode dar a paz que o homem precisa para ser liberto de todos os outros males.
- “seus atos poderosos são efeitos da exousia de Sua Palavra”, exousia é a competência atribuída a algo ou alguém, quer dizer que a palavra que sai da boca de Jesus tem o poder que vem Dele. Essas palavras estão todas nas Escrituras. Quando Jesus manda pregar o Evangelho, as Palavras do evangelho que ministramos tem o poder de salvação e cura.
- professor(a), dessa forma concluímos que a Graça pode operar milagres no coração e na mente dos servos de Deus.

2.2. A relação entre a fé e o milagre.
- “a fé jamais foi premissa para que Jesus operasse um milagre”, premissa é a primeira condição para algo. Isso pode gerar debate, pois sabemos que Jesus sempre questionou a falta de fé, mas sabemos que Ele operou sinais na natureza independente da fé dos discípulos.
- “a fé tanto pode gerar o milagre quanto o milagre gerar a fé”, essa afirmação pode ser contestada, pois o que pode gerar fé é a Palavra e não os milagres. Rm 10.17 Um outro argumento é que os judeus que atravessaram o deserto viram o mar se abrir e muitos sinais da grandiosidade de Deus e mesmo assim tiveram dúvida Nm 14.1-3

2.3. O alcance dos atos milagrosos.
- “tanto na esfera do corpo quanto na sociedade”, de fato o conceito principal de milagre é aquilo que age no sobrenatural e transforma o plano físico de forma inexplicável.
- “voltam a ser reintegrados à sociedade”, esse é o alcance social dos milagres de Cristo. Dessa forma a sociedade recebe uma ministração da Palavra quando observa alguém que foi reintegrada pelo poder miraculoso de Cristo.
- “Jesus sempre expressa os propósitos da salvação”, nas Escrituras os milagres estão associados às pregação do evangelho e é claro, à salvação das almas.

                             INCOMPLETO
ESTÁ SENDO EDITADO O ESBOÇO DA REVISTA DA EDITORA BETEL, MUITO TRABALHO AQUI, POR ISSO PEÇO A COMPREENSÃO DE TODOS,
PAZ DE CRISTO

quinta-feira, 2 de julho de 2015

ATUALIDADE GOSPEL - Transexual “crucificado” na Parada Gay processa pastor Marco Feliciano por danos morais


O transexual que desfilou simulando uma crucificação na última edição da Parada Gay em São Paulo anunciou que está processando o pastor e deputado Marco Feliciano (PSC-SP) por causa das críticas feitas a ela nas redes sociais e programas de TV.

A advogada do transexual, Cristiane Leandro de Novais, afirmou que já pediu uma liminar para que o material compartilhado pelo deputado seja retirado de circulação: “Existe uma ação de indenização com pedido de tutela antecipada para ele [Feliciano] excluir todos os vídeos, comentários e fotos expostas em seu gabinete, a título de liminar”, disse Cristiane, em entrevista ao Ego.

No processo, Viviany Beleboni solicita ainda que a Justiça estipule uma indenização por danos morais e uma ordem de restrição ao pastor, segundo a advogada: “Em segundo lugar há um pedido de retratação e indenização. Ele expôs Vivi ao ridículo e fez incitação criminosa para que outras pessoas venham a agredi-la. Isso trouxe dano moral e de honra a ela, que não tem saído de casa por medo de ser agredida. Ela perdeu peso e não tem saído. Com isso, tem deixado de aceitar propostas de trabalho. Por fim, entramos com um pedido de medida cautelar para que ele fique a até 600 metros de distância dela”, pontuou Cristiane.

Beleboni, que já afirmou que não pedirá perdão aos cristãos que se sentiram ofendidos com sua manifestação na Parada Gay, comentou o processo e diz que tem vivido escondido por medo da reação das pessoas: “Eu não saio de casa mais, não tenho ido à academia e nem ao mercado. Só durmo com remédios. Tranco a porta de casa com duas chaves, deixo o cachorro solto e deixei a segurança do prédio avisada”, relatou.

No último domingo, Beleboni teve os pés lavados por um pastor e um padre durante uma passeata, no Largo do Arouche, em São Paulo. Na entrevista ao Ego, contou que vem deixando de trabalhar como modelo por causa do medo de ser agredido: “O máximo que tenho feito é sair para dar entrevistas, mas vou com carro da produção e segurança. Já perdi vários trabalhos por medo de sair de casa”.

O pastor Marco Feliciano ainda não se posicionou sobre o processo contra ele movido por Beleboni.

Fonte: Gnotícias

quarta-feira, 1 de julho de 2015

ESCOLA DOMINICAL - Esboço e Subsídio da Lição 1 - Revista da CPAD



AULA EM 5 DE JULHO DE 2015 – LIÇÃO 1
(Revista: CPAD)

Tema: Uma mensagem à Igreja Local e à Liderança

Texto Áureo: 1 Timóteo 4.12
  
INTRODUÇÃO
- Querido(a) professor(a), nesta lição você deve falar como sendo boca de Deus para a tua igreja e teus líderes. O termo igreja local se refere a cada igreja, congregação ou ponto que se diz cristão.
- “dirigidas a dois jovens pastores”, Paulo estava preocupado em como ficaria o evangelho após a sua partida e por isso deixa essas orientações àqueles que ficariam nessa responsabilidade depois dele.
- “conselhos úteis sobre a estrutura da vida na igreja”, o Espírito Santo já havia revelado a Paulo o quanto seria árduo para os líderes o trabalho naquela obra, por isso ele fez essa série de conselhos e orientações.
__________________________________________
I - AS EPÍSTOLAS PASTORAIS 

1. Cartas pastorais.
- “endereçadas a dois jovens pastores”, não só por isso, mas por terem admoestações e ordenanças pastorais.
- “um líder itinerante”, itinerante, quer que está no itinerário, está em trânsito. Paulo era um líder que não tinha uma residência fixa.
- “estava preocupado com os jovens pastores”, podemos dizer que Paulo estava mais preocupado com a obra de Deus do que com eles. Ele tinha medo do que poderia acontecer ao povo de Deus depois de sua partida.

2. Datas em que foram escritas.
- “Primeira Epístola de Timóteo”, o mais correto é dizer “Epístola à Timóteo” por ter sido escrita para ele e não por ele. Assim como nos referimos a Hebreus como “carta aos Hebreus”.
- “entre a primeira e a segunda prisão”, Paulo já havia entendido por revelação que seu ministério estava chagando ao fim e era necessário prepara os substitutos.
- “segundo encarceramento do apóstolo, e antes de sua morte”, essa última prisão foi terrível para Paulo e sua morte foi ordenada pelo imperador regente a pedido de Nero que estava de viagem. A 2 carta a Timóteo parece mais uma carta de despedida e recomendações finais.

3. Conteúdo.
- “conjunto literário, devocional”, se referindo as três cartas aqui estudadas, quer dizer que são os materiais escritos que tratam da devoção do povo de Deus, que orienta a vida em comunidade e a comunhão com Deus.
- “doutrinário”, que ensina e revela as doutrinas, tais como a fé, o amor, a salvação, o pecado, etc.
- “mesmo vocabulário, o mesmo estilo”, vocabulário se refere às palavras usadas, quer dizer que nessas cartas são as mesmas. O estilo diz respeito às formas de escrever com as figuras de linguagem e as técnicas de redação.
- “demonstra o seu cuidado para com os jovens obreiros”, naquele período não havia a necessidade do excessivo cuidado com o ânimo dos obreiros como temos hoje. Hoje temos o medo de magoar ou desanimar o obreiro com gestos ou palavras, mas naquele período os crentes tinham maturidade suficiente. Era muito difícil servir a Deus e quem era obreiro já havia feito suas difíceis escolhas. O cuidado que Paulo tinha com eles era genuíno e não fingido.
- “há requisitos a serem respeitados”, era de suma importância que esses requisitos fossem respeitados, hoje é comum encontrar ministros sem nenhuma experiência de vida, falando e ensinando daquilo que nunca viveram na pele, além de outros que jamais souberam o que é manejar bem a palavra da verdade.
- sã doutrina”, se entende por uma doutrina sadia e pura ao invés de uma doutrina doente carregada de concepções pessoais e elaboradas para sustentar certas demandas do ministério, como arrecadação e efetivo de membros. Ex: para não perder ofertantes alguns lideres inventam novas doutrinas para defender suas explorações ao povo.
_______________________________________
II – PROPÓSITO E MENSAGEM

1. Orientar os líderes quanto à vida pessoal.
- “ele deveria servir como exemplo em tudo”, Paulo estava adiantando como seria a vida de um líder cristão, ele seria observado por todos e por isso deveria manter a vigilância e se manter puro para não ser escândalo.
- “saiba cuidar bem de sua vida familiar”, para um líder cristão é importantíssimo manter a estabilidade do lar. Quando há algum problema no seio familiar, o trabalho da liderança fica extremamente prejudicado. Atualmente muitos pastores acabam sofrendo de outras complicações por suportarem durante anos problemas ministeriais e familiares, até chegar um momento em que a saúde não suporta mais.
- “sua esposa e filhos tenham uma boa conduta”, o ideal para todo líder cristão seria que seus filhos o acompanhassem na fé, mas sabemos que os jovens devem seguir suas vidas normais e que dentro dessa normalidade existem alguns momentos de rebeldia, mas esses momentos logo passam. Por outro lado nem sempre os filhos seguem o caminho dos pais.

2. Combater as heresias.
- “diversas heresias”, naquele tempo havia muita dificuldade em lutar contra as heresias dos gnósticos que acrescentavam diversas doutrinas obscuras no evangelho. Havia ainda os judaizantes que insistiam em manter as tradições judaicas para os novos crentes.
- “exigia o cumprimento de vários rituais”, para os cristãos que vinham do judaísmo era possível a adaptação, mas para os crentes gentios era extremamente penoso a observação de tais ritos. Se os rituais judaicos fossem mantidos no cristianismo, jamais o evangelho teria atravessado os séculos e alcançado o mundo.
- “nova maneira de cumprir a Lei”, Jesus é o cumprimento da Lei, quer dizer que acreditar em seu sacrifício e recebê-lo como Salvador, é cumprir a Lei.
- “dualismo, segundo o qual a matéria é má e o espírito é bom”, até hoje algumas pessoas são influenciadas por esse dualismo, pois acreditam que podem se entregar ao pecado, porque o pecado está ligado somente a carne. Não acreditam que o pecado se impregnou na alma humana. Ez 18.4
- “negava a encarnação de Cristo”, só para acréscimo, encarnação é a alma vir em carne, pelo nascimento. Reencarnação, é a mesma alma vir novamente em carne, de novo pelo nascimento e ressurreição é a alma após ter sido separada do corpo pela morte, tornar a vir no mesmo corpo. Dessa forma a encarnação e ressurreição são doutrinas cristãs, enquanto a reencarnação é uma doutrina espírita.
__________________________________
III - UMA MENSAGEM PARA A IGREJA LOCAL E A LIDERANÇA DA ATUALIDADE 

1. O “evangelho” da prosperidade.
- “Você não tem um deus dentro de você. Você é um deus”, foi Kenneth Copeland quem fez essa afirmação, um propagador americano da doutrina da prosperidade e de outras heresias.
- “confissão positiva”, na confissão positiva existe a afirmação de que nossas palavras tem poderes ilimitados de acordo com a nossa fé, não levando em conta a vontade de Deus.
- “equivale a orgulho, presunção e soberba”, alem de ser uma utopia, que levou muitos crentes a profetizarem algo irrealizável. Não que Deus não tenha poder para fazê-lo, mas são coisas que se Deus concedesse eles não teriam como manter.
- “Deus abomina toda altivez”, a altivez é uma característica própria de Satanás e a pessoa que se deixa levar por esses pensamentos acabam tendo atitudes parecidas com as do inimigo.

2. Apostasia dos últimos dias.
- “ao que está acontecendo nos dias atuais”, os últimos dias tanto pode se referir aos dias próximos à vinda do Senhor ou aos dias do ministério da Igreja de Cristo na terra até o arrebatamento. Como muitos esperavam o arrebatamento para o primeiro século encontramos eles considerando aqueles como os últimos dias e a profecia de Joel 2.29 aconteceu no que eles chamaram de últimos dias. At 2.17
- “muitos estão abandonando a fé em Cristo”, um outro problema pós-moderno é que muitos se mantém na igreja sem fé e sem compromisso nenhum com Cristo.
- “e de torpe ganância”, essas profecias de Paulo se cumpriram arrisca, pois atualmente uma grande quantidade de líderes estão mais preocupados com a arrecadação do que com a salvação de vidas. Outros preferem que a igreja esteja cheia de crentes independente da situação espiritual para conseguirem recursos junto a políticos.
- “O líder tem a responsabilidade de zelar”, o líder aqui podemos entender como sendo todos os que tem responsabilidade de conduzir um grupo. Nesse caso temos líder de departamentos, professores de EBD, superintendentes, dirigentes de congregação e pastores presidentes. 
____________________________________
IV. MENSAGEM PARA A LIDERANÇA  

1.  Administração eclesiástica.
- “aqueles que desejam liderar uma igreja necessitam ter”, devido ao que notamos atualmente podemos acabar achando um pouco exagerado as qualificações que são exigidas aqui, mas se compararmos veremos que a liderança no tempo de Paulo era diferente de hoje, o maior problema deles era a perseguição e as heresias, hoje o maior problema é o pecado e a apostasia nas igrejas, dessa forma tanto naquela época como hoje é extremamente importante essas qualificações.
- “Porém, a liderança exige esforço”, não se deve abrir mão dessas ordenanças independente da situação do tempo presente.
- “Irrepreensível”, significa aquele que não pode ser repreendido. No nosso contexto é aquele de quem não se tem motivos para repreender.
- “marido de uma só mulher”, isso aqui foi escrito em um tempo que era permitido o casamento com mais de um esposa, mas o Espírito Santo já havia revelado que isso era fonte de problemas, por isso essa recomendação.
- “não dado ao vinho”, o melhor entendimento para isso é “sem vício em bebida alcoólica”.
- “dado à hospitalidade”, ou seja, que recebe bem os visitantes, isso deve ser uma marca na vida dos líderes.
- “moderado”, é o contrário de exagerado ou extremista, algumas pessoas são extremistas em algum aspecto e isso é penoso para um bom relacionamento, principalmente para um líder cristão.
- “temperante”, o mesmo que equilibrado.

2. Ética ministerial.
- “que não tem de que se envergonhar”, entende-se que ele não deve ter nada que causa vergonha em sua vida cristã e que causa vergonha para o cristão é o pecado, então o obreiro não deve ser dado a nenhuma prática de pecado. Todos somos pecadores, o que quer dizer que eventualmente podemos vir a pecar, porém o pecado não deve ser uma prática corriqueira na vida do crente.
- “muito mais do que pela eloquência”, um bom testemunho fala mais alto do que as mais eloquentes palavras.
- “Não são os diplomas de um pastor que o qualificam”, os diplomas o qualificam intelectualmente, mas a maior qualificação não pode ser medida em notas, na verdade só Deus sabe quando alguém está qualificado ou não.
_____________________________________
CONCLUSÃO
- “fontes de ensino para edificação das igrejas”, essas cartas devem ser objeto de estudo mais aprofundado principalmente nos estudos para preparar novos obreiros. Muitos obreiros são afetados na obra de Deus por não terem aprendidos conceitos que estão nessas cartas.
 - Elabore o resumo e apresente e não se esqueça de corrigir os exercícios.

Marcos André – professor

Boa Aula!

terça-feira, 30 de junho de 2015

ESCOLA DOMINICAL - Esboços das Lições da EBD da Revista da Central Gospel 3º Trimestre 2015


Revista Central Gospel Nº 43 - 2º Trimestre 2015

_____________________________

Lição 1: O VERDADEIRO CRISTIANISMO - Clique aqui!
_____________________________

COLABORE COM O CLUBE DA TEOLOGIA, CLIQUE NOS ANÚNCIOS
_____________________________

Conteúdos Anteriores:


Conteúdos do ano de 2011Clique Aqui! 
____________________________
Conteúdos do ano de 2012Clique Aqui! 
______________________
Conteúdos do Número 31Clique Aqui! 
______________________

Conteúdos do 3º Trimestre 2012Clique Aqui! 
______________________

Conteúdos do 4º Trimestre 2012Clique Aqui! 
______________________

Conteúdos do 1º Trimestre 2013Clique Aqui! 
______________________


Esboços Central Gospel do 2º Trimestre 2013 Nº 34Clique Aqui! 
______________________

Esboços Central Gospel do 3º Trimestre 2013 Nº 35Clique Aqui! 
______________________


Esboços Central Gospel do 4º Trimestre 2013 Nº 36Clique Aqui!
______________________


Esboços Central Gospel do 1º Trimestre 2014 Nº 37Clique Aqui!
______________________


Esboços Central Gospel do 2º Trimestre 2014 Nº 38Clique Aqui!
______________________


Esboços Central Gospel do 3º Trimestre 2014 Nº 39Clique Aqui!
______________________


Esboços Central Gospel do 4º Trimestre 2014 Nº 40Clique Aqui!
______________________


Esboços Central Gospel do 1º Trimestre 2015 Nº 41Clique Aqui!
______________________


Esboços Central Gospel do 2º Trimestre 2015 Nº 42Clique Aqui!
______________________

ESCOLA DOMINICAL - Esboços para a Revista da Editora Betel - 3º Trimestre de 2015


Lição: 1 - 3º Trimestre - Editora Betel 
Data: 5 Julho 2015
Tema: Os Milagres do Novo Testamento

Acesso ao Conteúdo: Clique aqui!
Acesso ao Esboço: Clique aqui!
____________________________

COLABORE COM O CLUBE DA TEOLOGIA. CLIQUE NOS ANÚNCIOS
____________________________

CONTEÚDOS ANTIGOS:
_________________________
Conteúdos 2º Trim de 2012Clique Aqui! 
_________________________
Conteúdos 3º Trim de 2012Clique Aqui!
_________________________
Conteúdos 4º Trim de 2012Clique Aqui! 
_________________________

Conteúdos 1º Trim de 2013Clique Aqui! 
_________________________


Conteúdos 2º Trim de 2013Clique Aqui! 
_________________________

Conteúdos 3º Trim de 2013Clique Aqui! 
_________________________

Conteúdos 4º Trim de 2013Clique Aqui! 
_________________________


Conteúdos 1º Trim de 2014Clique Aqui! 
_________________________


Conteúdos 2º Trim de 2014Clique Aqui! 
_________________________


Conteúdos 3º Trim de 2014Clique Aqui! 
_________________________


Conteúdos 4º Trim de 2014Clique Aqui! 
_________________________


Conteúdos 1º Trim de 2015Clique Aqui! 
_________________________

Conteúdos 2º Trim de 2015Clique Aqui!
_________________________

ESCOLA DOMINICAL - Esboços para a Revista da Escola Dominical da Editora CPAD - 3º Trimestre de 2015



Lição: 1 - 3º Trimestre
Data: 5 Julho 2015
Tema: Uma Mensagem à Igreja Local e a Liderança
Acesso ao Conteúdo: Clique Aqui!
Acesso ao Esboço: Clique Aqui!

________________________________

COLABORE CONOSCO CLIQUE NOS ANÚNCIOS
________________________________

CONTEÚDOS ANTIGOS:

Conteúdos do 2º Trimestre 2012. Clique Aqui!
___________________________
Conteúdos do 3º Trimestre 2012. Clique Aqui!
___________________________

Conteúdos do 4º Trimestre 2012. Clique Aqui!
___________________________

Conteúdos do 1º Trimestre 2013. Clique Aqui!
___________________________

Conteúdos do 2º Trimestre 2013. Clique Aqui!
___________________________

Conteúdos do 3º Trimestre 2013. Clique Aqui!
___________________________

Conteúdos do 4º Trimestre 2013. Clique Aqui!
___________________________

Conteúdos do 1º Trimestre 2014. Clique Aqui!
___________________________

Conteúdos do 2º Trimestre 2014. Clique Aqui!
___________________________

Conteúdos do 3º Trimestre 2014. Clique Aqui!
___________________________

Conteúdos do 4º Trimestre 2014. Clique Aqui!
___________________________

Conteúdos do 1º Trimestre 2015. Clique Aqui!
___________________________

Conteúdos do 2º Trimestre 2015. Clique Aqui!
___________________________